domingo, 21 de setembro de 2008

Alvinegro busca inspiração em sua campanha para sonhar com Libertadores.



Após derrota para a Portuguesa, grupo lembra de seqüência de invencibilidade no Campeonato Brasileiro para recuperar posição no G-4


Quando Ney Franco assumiu o comando do Botafogo, no início de julho, a equipe ocupava a 15ª posição do Campeonato Brasileiro. Mas uma seqüência de 11 partidas sem derrotas levou a equipe à zona de classificação para a Libertadores. Após as derrotas para Internacional e Portuguesa, o Alvinegro deixou a elite, e agora procura inspiração em seu próprio caso para retornar aos primeiros lugares.


- O primeiro passo é pensar na palavra recuperação, da mesma forma passamos 11 partidas seguidas somando pontos. Agora é parar, rever o planejamento e continuar buscando voltar ao G-4 - afirma o técnico Ney Franco.

Para Lucio Flavio, é importante que o Botafogo não desanime e siga na disputa por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

- Agora precisamos continuar nossa caminhada. O título está se distanciando, mas a chance de chegar à Libertadores ainda é grande. Precisamos lembrar da nossa recuperação dentro do Campeonato Brasileiro - ressalta.

globo.com

3 comentários:

Fernando Gonzaga disse...

o lúcio flávio tem que para de dar entrevistas e começar a pensar em fugir da marcação....ele sequer tá correndo...capitão do time, um dos salários mais altos da equipe, se escondendo atrás do marcador, aí não dá...

Vinícius Barros disse...

Não sei porque, mas esse artigo me lembrou uma matéria do globoesporte!!!

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Botafogo/0,,MUL768193-9861,00.html

Saulo Milleri Biral disse...

Foi um futebol horrível, apresentado pelo Botafogo. Pra mim, já era a Libertadores e também o título. Ficou muito complicado agora. Só nos resta a Sul-Americana. Vamos ver o que vai acontecer.